Correio Eletrônico

 

 Ordem de Serviço nº 02/2005-P

 

Estabelece a utilização do Correio Eletrônico, via e-mails setoriais, para as tratativas administrativas no âmbito do Poder Judiciário.

 

O Exmo. Sr. Des. OSVALDO STEFANELLO, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado, no uso de suas atribuições legais,

considerando os custos diretos e indiretos decorrentes da circulação de papéis, bem como a racionalização e agilização dos procedimentos,

considerando a interligação em rede de todos os setores do Judiciário e a disponibilização de recursos de informática,

considerando a criação de endereços eletrônicos setoriais para essa finalidade.

RESOLVE:

1.    Estabelecer o uso obrigatório do serviço de Correio Eletrônico, através de e-mails setoriais padronizados e listados na Intranet (http://mail.tjrs.gov.br/emails/emails.html), para o envio de informações e ofícios de caráter meramente administrativo, no âmbito dos 1º e 2º Graus, devendo permanecer em papel o trâmite de documentos oficiais e de circulação externa, até que seja completamente provida a solução de assinatura digital;

2.     que os diversos setores do Judiciário (Gabinetes,  Secretarias, Cartórios, Departamentos e outros) deverão acessar no mínimo diariamente a caixa de correio, através de senha a ser obtida junto à Central de Atendimento do Departamento de Informática (fone 3210-7565) e compartilhada por mais de uma pessoa, a critério da chefia;

3.     que, nas comarcas de Vara única, o e-mail do Juizado da Vara equivalerá aos das Direções de Foro nas comarcas maiores;

4.     que os e-mails das Varas (divididos entre Juizados e Cartórios) são diferenciados dos e-mails dos Juizados Especiais;

5.     que os serviços não contemplados com endereço eletrônico deverão solicitá-lo diretamente à Central de Atendimento do Departamento de Informática (fone 3210-7565), que, por sua vez, encaminhará os pedidos fora de padrão a exame pelo Conselho de Informática Judiciária.

6.     que,  para a correta utilização do correio eletrônico, devem ser observadas as regras e recomendações constantes do Ato nº 11/04-P e Of.Circ. 28/2002, disponíveis na Intranet (http://www.tjrs.gov.br/), acrescentando-se que as mensagens devem ser preferencialmente sucintas, mas atender minimamente às regras da comunicação administrativa escrita, devendo nelas constar, obrigatoriamente, o nome, o cargo do remetente e, claramente exposto, o assunto de que trata;

7.     que é vedada a utilização de papéis de parede, desenhos, cores e outras formatações que tornem inutilmente maiores as mensagens;

8.     que o salvamento dos e-mails importantes deverá ser feito na rede do Judiciário, evitando-se sua impressão ou sobrecarga da caixa postal.

9.    Revogam-se as disposições em contrário.

Cumpra-se. Publique-se.

 

Porto Alegre, 18 de abril de 2005

 

Des. OSVALDO STEFANELLO,

Presidente.

 

 

Copyright © 2006 - Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul - Departamento de Informática